Número de soldados americanos feridos no Iraque dispara

O número de soldados americanos feridos no Iraque disparou nas últimas duas semanas de insurgência, concentrada no centro e no sul do Iraque e no chamado Triângulo Sunita - a norte e a oeste de Bagdá. O Departamento de Defesa dos Estados Unidos (Pentágono) divulgou, em seu relatório semanal sobre baixas, que 3.864 soldados americanos ficaram feridos em combate desde o início da invasão do país árabe, em 20 de março de 2003. Desse total, 595 ficaram feridos somente nas últimas duas semanas. Desde 1º de abril, o número já se aproxima de 900. Na maioria dos outros meses do conflito, o número de feridos ficou entre 200 e 300. O número de soldados americanos mortos no país árabe está em 707, de acordo com os cálculos de Pentágono. Destes, pelo menos cem morreram desde o início de abril, que de longe é o mês mais violento desde o início da guerra. A maior parte das mortes ocorreu no início de abril. Cerca de 25 militares americanos morreram nas últimas duas semanas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.