Número de suicídios na Noruega é o mais baixo em 23 anos

As taxas de suicídio na rica Noruega caíram 10% em 2002 em relação ao ano anterior, chegando ao nível mais baixo em 23 anos, anunciou hoje a agência Estatísticas da Noruega.O chefe do Departamento de Pesquisas e Prevenção do Suicídio da Universidade de Oslo, Lars Mehlum, diz que, agora, a taxa de suicídios da Noruega está na média dos países europeus. Segundo ele, as medidas cruciais que resultaram na queda incluem identificação da depressão profunda e outros tratamentos mentais rápidos atuar na ajuda ao paciente.A agência estatal disse que 494 pessoas ? 10,9 por 100.000 habitantes ? suicidaram-se no ano passado. Mas não especulou sobre os motivos do declínio.Para Einfrid Halvorsen, secretária geral da organização Saúde Mental da Noruega, os esforços crescentes do sistema de previdência social para identificar e ajudar pessoas em risco e melhorias na assistência médica podem ter contribuído para esse resultado.?Mas há muitos elementos a serem levados em consideração?, ela disse à agência de notícias norueguesa NTB. O número de suicídios ainda é alto, quase duas vezes maior que o número de mortos nos 4,5 milhões de acidentes de trânsito no país.A taxa de suicídios, que era de 7 por 100.000 habitantes, começou a subir nos anos 60 e 70, de acordo com a Estatísticas da Noruega. E atingiu o pico de 16,8 por 100.000 em 1998, antes de estabilizar-se e, então, iniciar o declínio nos anos 90.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.