Número oficial de mortos em naufrágio na Itália sobe para 309

Guarda costeira diz que buscas no navio estão encerradas e trabalho continua em áreas próximas à tragédia

O Estado de S. Paulo,

10 de outubro de 2013 | 14h17

LAMPEDUSA - O número oficial de mortos do naufrágio na ilha italiana de Lampedusa subiu para 309, afirmou a Guarda Costeira da Itália, informando que as buscas no navio estão encerradas. Mergulhadores italianos resgataram nesta quinta-feira, 10, mais sete corpos de imigrantes no navio naufragado há uma semana.

Mergulhadores italianos trabalharam durante toda a semana nos restos do navio, que estão a 47 metros de profundidade, para resgatar os corpos. "Não há mais nenhum corpo no navio. As buscas continuarão agora em áreas próximas", disse um oficial da guarda costeira.

Na embarcação estavam cerca de 500 imigrantes, procedentes da Somália e da Eritreia. Apenas 155  sobreviveram ao naufrágio ocorrido.

Na terça-feira 8, um tunisiano de 35 anos foi preso, sob a acusação de ter traficado os 500 imigrantes. A imprensa italiana informou que alguns dos sobreviventes apontaram Bensalem Khaled como "capitão" da embarcação./ AP

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.