Nuvem de cinzas do vulcão chileno chega à África do Sul

A nuvem de cinzas do vulcão chileno Puyehue chegou aos céus da África do Sul e impediu vários aviões de decolarem, inclusive o do presidente sul-africano, Jacob Zuma, que teve de cancelar hoje uma viagem para a região oeste do país, de acordo com informações do governo.

AE, Agência Estado

19 de junho de 2011 | 15h55

A nuvem de cinzas está atrapalhando o tráfego aéreo desde 4 de junho, quando o vulcão - que fica a mais de 8.800 quilômetros de Johanesburgo, começou a entrar em erupção. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
vulcãocinzaChileÁfrica do Sul

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.