Divulgação/ Met Office
Divulgação/ Met Office

Nuvem de formigas voadoras é captada por serviço de meteorologia do Reino Unido

Insetos sobrevoaram região sudeste do país e confundiram radares meteorológicos na sexta-feira, 17.

Redação, O Estado de S.Paulo

22 de julho de 2020 | 10h52

Radares do serviço de meteorologia do Reino Unido captaram uma nuvem gigante de formigas voadoras sobrevoando o sudeste do país. As imagens foram divulgadas pelo Met Office na última sexta-feira, 17.

"Não está chovendo em Londres, Kent ou Sussex, mas nosso radar diz outra coisa... O radar está captando, na verdade, um enxame de formigas voadoras sobre o sudeste", diz a publicação do escritório.

A rede de televisão americana CNN informou que a nuvem de formigas permaneceu visível no radar por cerca de duas horas na sexta-feira pela manhã. De acordo com o órgão, é comum que as formigas façam esse tipo de voo em grandes grupos, principalmente em dias quentes, úmidos e sem vento de verão.

As condições são similares as que beneficiam a movimentação da nuvem de gafanhotos que percorre a América do Sul. O movimento migratório dos insetos no continente americano foi impulsionado pelo tempo quente e seco. Projeções de técnicos da Secretaria da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural do Rio Grande do Sul apontavam que os gafanhotos podem chegar nesta quarta-feira ao Brasil.

Tudo o que sabemos sobre:
Reino Unido [Europa]gafanhotoformiga

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.