NY: Homem preso por suspeita de terrorismo agia só

A polícia de Nova York prendeu na noite de sábado José Pimentel, de 27 anos, cidadão americano e dominicano de nascimento, informou o "The Wall Street Journal". Convertido ao islamismo, Pimentel é acusado pelas autoridades dos EUA de conspirar, sozinho, atos de terrorismo e ataques com armas.

ROBERTO CARLOS DOS SANTOS, Agência Estado

21 de novembro de 2011 | 00h52

O comissário de polícia Raymond Kelly disse que Pimentel, também conhecido como Muhummad Yusuf, foi preso no sábado, após ser observado desde 2009 pela Polícia de Nova York.

As autoridades de Nova York afirmam que o extremista pretendia usar bombas caseiras para atacar prédios públicos, como agências de correio e delegacias de polícia, Entre os possíveis alvos de Pimentel estariam policiais, bombeiros, políticos e ex-combatentes da guerra do Iraque.

O prefeito de Nova York, Michael Bloomberg, descreveu Pimentel como um "lobo solitário" - sem ligações com grupos terroristas, como o Al-Qaeda, por exemplo. "Ele não faz parte de uma conspiração maior proveniente do exterior", disse Bloomberg. As informações são da Dow Jones.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.