O ''defensor'' da reforma política no Egito

Mohamed ElBaradei, EX-DIRETOR DA AGÊNCIA NUCLEAR DA ONU E NOBEL DA PAZ

, O Estado de S.Paulo

28 de janeiro de 2011 | 00h00

Conhecido defensor da reforma política no Egito e ganhador do Nobel da Paz de 2005 por seu trabalho no comando da Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA, um órgão da ONU), lançou no ano passado, após deixar esse cargo, uma campanha por mudanças no Egito.

Ao se tornar o principal crítico de Mubarak, atraiu a simpatia da Irmandade Muçulmana, grupo religioso banido que hoje tem apoio de setores conservadores.

Ganhou credibilidade política na região quando questionou a existência de armas de destruição em massa no Iraque, justificativa usada pelos EUA para invadir o país em 2003.

O principal adversário de Mubarak pode ser o primeiro líder civil do Egito em mais de 50 anos - o país vem sendo governado por militares desde o fim da monarquia.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.