Obama acusa Rússia de violar leis internacionais

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, acusou a Rússia de violar leis internacionais na Ucrânia e opinou que Moscou está "no lado errado da história".

AE, Agência Estado

03 de março de 2014 | 16h49

Obama disse a jornalistas reunidos no Salão Oval da Casa Branca que os EUA estão avaliando opções econômicas e diplomáticas que isolem a Rússia.

De acordo com ele, a continuidade das movimentações militares russas na Ucrânia "serão altamente custosas" para Moscou.

O presidente norte-americano pediu ainda ao Congresso que trabalhe em um pacote de ajuda à Ucrânia e trate o assunto com "prioridade". Fonte: Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
EUAObamaUcrâniaRússia

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.