Obama anuncia comissão para investigar vazamento

Formada por especialistas, equipe fará recomendações para prevenir e combater os impactos do acidente provocado pela British Petroleum no Golfo do México

Efe,

15 de junho de 2010 | 04h07

WASHINGTON - O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, anunciou na segunda-feira, 14, a nomeação de cinco pessoas para integrar uma chamada Comissão Nacional sobre Perfuração em Mar Aberto e o Vazamento de Petróleo causado pelo afundamento da plataforma Deepwater Horizon, da British Petroleum, há quase dois meses.

Um comunicado da Casa Branca assinala que a comissão de especialistas fará recomendações para prevenir e combater o impacto de qualquer derramamento futuro em decorrência de perfuração em mar aberto.

Os integrantes da comissão serão Frances G. Beinecke, Donald Boesch, Terry D. García, Cherry A. Murray, e Frances Ulmer e a presidência será dividida pelo senador Bob Graham e pelo ex-administrador da Agência de Proteção Ambiental, William K. Reilly.

"Estas pessoas têm enorme conhecimento e experiência suficiente para o crucial trabalho desta comissão", assinala Obama em uma declaração.

"Agradeço que tenham aceitado prestar seus serviços agora que trabalhamos para determinar as causas desta catástrofe e implementar as medidas de segurança e de proteção ambiental que necessitamos para prevenir um desastre semelhante no futuro", acrescenta.

Tudo o que sabemos sobre:
Obama, vazamento, BP, comissão

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.