Obama anuncia US$ 100 milhões para ajuda ao Haiti

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, anunciou hoje um novo investimento de US$ 100 milhões para ajudar o Haiti a enfrentar os problemas causados pelo terremoto de terça-feira. "Para o povo do Haiti, nós afirmamos claramente e com convicção: vocês não serão abandonados, vocês não serão esquecidos", disse Obama, na Casa Branca.

AE, Agencia Estado

14 de janeiro de 2010 | 14h15

O presidente afirmou que as primeiras levas de pessoas que trabalharão no resgate e no socorro das vítimas estão em terra. Além disso, há mais assistência se direcionando à ilha, incluindo membros da 82ª divisão Airborne do Exército.

Forças de operações especiais reabriram o aeroporto do Haiti, de acordo com um relatório do governo norte-americano divulgado na manhã de hoje, ao qual o "Wall Street Journal" teve acesso. Um avião militar levará água a medicamentos.

"Mesmo que nos movamos o mais rápido possível, serão necessárias horas, e em muitos casos dias, para que todas as pessoas e recursos cheguem", disse Obama, afirmando que estradas estão intransitáveis e que a comunicação ficou danificada.

"Nada disso parece rápido o suficiente quando você tem alguém que ama sob escombros, quando você está dormindo nas ruas, quando você não pode alimentar seus filhos", afirmou.

As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
HaititerremotoBarack ObamaEUAajuda

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.