Obama bate recorde de arrecadação para corrida presidencial

Fundos de campanha do senador superam em US$ 5 mi renda de Hillary Clinton

Agencia Estado

02 Julho 2007 | 19h15

O senador democrata Barack Obama anunciou no domingo, 1, que sua campanha para tornar-se o candidato democrata à Presidência dos Estados Unidos arrecadou no segundo trimestre do ano pelo menos US$ 32,5 milhões de mais de 258.000 doadores, cerca de US$ 5 milhões a mais do que a concorrente, Hillary Clinton, anunciou que arrecadaria para o mesmo período. Apesar de superar a arrecadação de Hillary, possível candidata pelo Partido Democrata, Obama não ultrapassou a vantagem da senadora de Nova York nas pesquisas sobre possíveis candidatos ao pleito de 2008. "Juntos construímos a maior campanha da história nesta fase da disputa presidencial", declarou Obama. "Temos agora centenas de milhares de americanos prontos para exigir assistência médica para todos, independência energética e o fim desta guerra no Iraque", acrescentou em comunicado distribuído por seu escritório de campanha. Obama também destacou que "este é o tipo de movimento que pode mudar a política conduzida por grupos de interesse em Washington" e transformar esse país. Penny Pritzker, que dirige os fundos de campanha, disse que, "a cada dia durante os últimos três meses, mais de 1.500 pessoas deixaram claro a Barack Obama que acreditam em sua visão" para o país. Pelo menos US$ 31 milhões das doações do trimestre que acaba de acabar estão destinadas à campanha para as eleições primárias do Partido Democrata, o que dá a Obama ainda mais vantagem sobre Hillary, cujos cofres receberam somas significativas que, no entanto, só poderão ser usadas para a campanha eleitoral de 2008.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.