Obama chega à Europa para tratar de crise e segurança

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, desembarcou hoje em Londres, na Grã-Bretanha, com uma pesada agenda econômica e de segurança nacional. Esta é a primeira viagem do presidente norte-americano e da primeira-dama, Michelle Obama, ao velho continente desde que ele tomou posse, dois meses atrás. O primeiro compromisso de Obama é uma reunião de cúpula do G-20 - grupo formado por grandes economias desenvolvidas e emergentes - na quinta-feira, na capital inglesa, para tratar da crise financeira internacional.

AE-AP, Agencia Estado

31 de março de 2009 | 20h01

Obama planeja se reunir com líderes britânicos, da Rússia e da China, principais participantes do sistema financeiro norte-americano. Ele também programou encontros com líderes da Índia e da Coreia do Sul na capital inglesa. Obama também vai participar de uma cúpula da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) para marcar os 60 anos da aliança, fundada para combater a agressão soviética na Europa.

Durante sua viagem de oito dias, quando visitará cinco países, Obama deve ainda se reunir com líderes que romperam com os EUA por causa da Guerra no Iraque e o tratamento dado aos supostos terroristas detidos na Baía de Guantánamo, em Cuba, sob o governo de George W. Bush. O presidente norte-americano pretende participar de cúpulas internacionais sobre problemas urgentes, dentre eles a luta contra terroristas no Afeganistão e no Paquistão. Ele também fará sua primeira visita a um país muçulmano, a Turquia.

Na Inglaterra, Obama e a primeira-dama também vão participar de uma audiência com a rainha Elizabeth II do Palácio de Buckingham. Ele fará um discurso na França sobre os relacionamento transatlântico e falar, em Praga, sobre a proliferação de armas. O presidente dos EUA também vai participar de uma mesa-redonda com estudantes na Turquia.

Tudo o que sabemos sobre:
EUAObamacriseG-20segurança

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.