Obama comemora libertação de soldado no Afeganistão

O presidente dos EUA, Barack Obama, saudou a libertação do único soldado americano detido no Afeganistão, o sargento Bowe Bergdahl. Durante sua aparição neste sábado no Rose Garden, na Casa Branca, Obama afirmou que enquanto Bergdahl esteve preso, "ele nunca foi esquecido". O presidente estava acompanhando dos pais do soldado, Bob e Joni Bergdahl.

Agência Estado

31 Maio 2014 | 20h45

Bergdahl foi entregue pelo Taleban no início deste sábado, em troca da libertação de cinco afegãos que estavam na prisão dos EUA na Baía de Guantánamo, em Cuba.

Durante seu discurso, Obama afirmou também que os EUA "não deixam nossos homens e mulheres de uniforme para trás". O pai do soldado agradeceu a todos os envolvidos na libertação de seu filho, dizendo que era difícil expressar seus sentimentos em palavras. Fonte: Associated Press.

Mais conteúdo sobre:
Obama Libertação Soldado

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.