Obama congela regulamentações pendentes de Bush

O chefe de gabinete da nova administração do presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, expediu um comunicado na noite desta terça-feira para que os departamentos e as agências federais congelem todas as ordens e regulamentações pendentes da administração Bush, para que elas sejam revisadas pelo novo governo, informou a Casa Branca em comunicado. O chefe de gabinete Rahm Emanuel "assinou o memorando enviado a todas as agências e departamentos para suspender todas as regulamentações pendentes até que uma revisão legal e política seja conduzida pela administração Obama", diz a nota. O congelamento, que afeta medidas tomadas pelo ex-presidente George W. Bush, é um padrão comum nas transições presidenciais nos EUA.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.