Obama continua favorito entre apostadores

Hillary Clinton vai vencer as primáriasdemocratas da Pensilvânia, Kentucky e Virgínia Ocidental, naspróximas semanas, mas seu adversário Barack Obama acabará sendoescolhido candidato do partido à Presidência dos EUA, a julgarpela movimentação das apostas na segunda-feira. Os investidores do mercado de previsões Intrade, de Dublin,também estão apostando que o Partido Democrata realizará novasprimárias em Michigan e Flórida antes de 30 de junho -- avotação inicial foi invalidada por ter sido realizada antes doprazo mínimo. Mas os apostadores prevêem que nem a repetição das préviasnesses dois importantes Estados será suficiente para dar acandidatura a Hillary. Nas previsões para a convenção nacionalde agosto, Obama aparece com 75 por cento de chance, contra23,5 por cento para Hillary. No Mercado Eletrônico de Iowa, que é mantido pelaUniversidade de Iowa sem fins lucrativos, apenas com intuitosde pesquisa, o favoritismo de Obama é estimado em 74 por cento,contra 24 por cento para Hillary. Esse tipo de pregão permite a venda de contratos sobre achance de alguma coisa acontecer. O valor de cada contratofunciona como um percentual da probabilidade de o fato ocorrer.Estudos mostram que esse tipo de mercado tem uma precisãocomparável à de pesquisas de opinião. No Intrade, que permite apostas sobre o resultadoindividual de cada Estado, Obama tem favoritismo de 98 porcento no Mississipi, que vota na terça-feira. Para aPensilvânia, que faz primárias no dia 22 de abril, Hillaryaparece com 81 por cento de chances de vitória, contra apenas25 por cento para Obama. A senadora está cerca de cem delegados atrás de seu rivalna contagem geral, e a primária da Pensilvânia serápraticamente sua última grande chance de reverter o placar. Os apostadores antevêem vitórias de Obama também emCarolina do Norte, Oregon e Montana, e de Hillary em VirginiaOcidental e Kentucky. Em Indiana, há empate. Para a eleição geral de novembro, os democratas sãofavoritos com qualquer candidato contra o republicano JohnMcCain. No Intrade, o candidato democrata aparece com 61,5 porcento de chances, contra 39 por cento para McCain. No MercadoEletrônico de Iowa, o candidato democrata fica com 57 por centode chance, contra 47,4 por cento do republicano.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.