Obama convida imigrantes legais no país a se tornarem cidadãos americanos

Em campanha lançada no Dia da Cidadania, líder incentiva as pessoas que vivem legalmente no país a iniciar o processo

O Estado de S. Paulo

18 Setembro 2015 | 12h43

WASHINGTON - O governo dos Estados Unidos lançou na quinta-feira uma campanha liderada pelo presidente Barack Obama para fazer com que os cerca de 8,8 milhões de imigrantes no país, que teriam condições de obter a cidadania, se tornem cidadãos americanos.

A campanha foi apresentada em um vídeo protagonizado pelo próprio Obama, no qual o ele destaca os benefícios de ser um cidadão americano.

"Não se trata de mudar quem você, mas de acrescentar um novo capítulo à sua viagem como cidadão americano e à nossa viagem como uma nação de imigrantes", diz Obama na gravação lançada na quinta-feira, data conhecida nos Estados Unidos como o Dia da Cidadania.

"De acordo com as estimativas mais recentes, há aproximadamente 13,3 milhões de residentes permanentes vivendo legalmente nos EUA, e 8,8 milhões deles podem solicitar a cidadania", informou a Casa Branca.

"Quase uma de cada três pessoas elegíveis (para a cidadania) obtiveram seu status de residente permanente em 1990, ou antes, o que significa que fazem parte de nossas comunidades há décadas, mas ainda não possuem todos os direitos, benefícios e responsabilidades de um cidadão", segundo o governo.

Calcula-se que dos 8,8 milhões de imigrantes regulares elegíveis para a cidadania, um terço é de origem mexicana.

A campanha tem como objetivo incentivar e facilitar o acesso à cidadania. Haverá uma série de medidas em todo o país para informar sobre o processo e ajudar os que quiserem iniciá-lo.

Também participarão da campanha alguns meios de comunicação voltados para a comunidade latina, que se encarregarão de promover e informar sobre o direito à cidadania e os passos que devem ser seguidos. /EFE e ASSOCIATED PRESS

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.