Obama corre atrás de eleitores e de calorias

Enquanto as urnaseram abertas para as eleições primárias da Carolina do Norte eIndiana, na terça-feira, o pré-candidato à Casa Branca BarackObama parava numa cantina em busca de alguns votos e de um caféda manhã à base de ovos e batatas, na esperança de acrescentaralguns quilinhos à sua esguia silhueta. O senador, cuja campanha se baseia na palavra "mudança",costuma dizer que é diferente do político norte-americanotípico por ser "um sujeito negro e magrelo" com um nomeestranho. Mas vários eleitores acham que o candidato precisava sermais robusto. Recentemente, em Evansville, um pedreiro lhedisse que Obama parecia estar passando fome. Obama, que diz ter perdido cerca de quatro quilos nacampanha, parece dar ouvidos. "Estou tentando engordar", disseele na terça-feira, traçando uma enorme omelete com fritas etorradas. No café da manhã da véspera, ele raspou um prato de ovosmexidos, salsicha e biscoitos, enquanto conversava com membrosde um sindicato. Mais tarde, na Carolina do Norte, comeu umatorta de limão num restaurante e comprou uma quentinha com asasde frango em outro, logo em seguida. Visitar bares e comer iguarias como churrasco e enroladinhode salsicha são o arroz-com-feijão da política norte-americana,e alguns marqueteiros acham que Obama às vezes parece frugaldemais quando recusa chocolates e outras guloseimas.Esses especialistas acham que um pouco mais de cheeseburguers esundaes reforçariam a imagem de "sujeito comum" que Obama tentapassar, especialmente na busca pelo eleitorado operário branco. Mesmo comendo tantos ovos no café da manhã nos últimosdias, é improvável que Obama engorde muito. Ele faz exercíciosdiariamente, em esteiras ou equipamentos ergométricos, e tambémlevanta pesos. Como costuma fazer nos dias de votação, Obama aproveitou atarde para relaxar jogando basquete.

CAREN BOHAN, REUTERS

06 de maio de 2008 | 17h56

Tudo o que sabemos sobre:
EUAELEICAOOBAMACALORIAS

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.