Obama critica comentário de republicano sobre estupro

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, criticou Richard Mourdock, candidato do Partido Republicano ao Senado, por seus comentários sobre gravidez e violência sexual. "Estupro é estupro. É um crime", disse Obama na noite de quarta-feira (horário local) no programa "The Tonight Show".

AE, Agência Estado

25 de outubro de 2012 | 10h06

O candidato republicano no Estado de Indiana disse em debate na noite de terça-feira que quando uma gravidez é resultado de estupro, isso é "obra de Deus."

Obama afirmou que tais comentários mostram que políticos, a maioria homens, não devem tomar decisões sobre a saúde das mulheres. Ele disse que as mulheres são capazes de tomarem suas próprias decisões e que a existência de intromissões políticas na questão é algo que está em jogo na eleição para presidente.

Após o comentário de Mourdock, a porta-voz da campanha de Romney, Andrea Saul, afirmou que o candidato à presidência discorda de Mourdock, mas que ainda o apoia na disputa pelo Senado. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
EUAeleiçãoObama

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.