Obama critica doações anônimas de campanha

EUA - 2

, O Estado de S.Paulo

14 de outubro de 2010 | 00h00

O presidente dos EUA, Barack Obama, aumentou ontem seus ataques contra doações de campanha anônimas feitas por corporações estrangeiras, apesar da insistência de grupos empresariais de que a alegação não tem fundamento. Tomando o cuidado de não apontar o dedo diretamente para ninguém, Obama disse que o dinheiro de campanha poderia estar vindo da indústria petrolífera para conter as políticas ambientalistas do governo ou de empresas do setor financeiro que desaprovam suas reformas em Wall Street.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.