Obama critica pais negros ausentes

O candidato democrata, Barack Obama, lembrou seu próprio histórico de crescer sem pai para dar ontem uma mensagem aos negros. "Precisamos de pais que percebam que sua responsabilidade não termina na concepção", disse a 20 mil fiéis da Igreja Apostólica de Deus, em Chicago. Obama lembrou que "mais da metade das crianças negras (dos EUA) vive apenas com um dos pais", número que diz ter dobrado desde sua infância. O candidato também incentivou os negros a "não se contentarem com conquistas medíocres": "Não se satisfaçam apenas com a conclusão do ensino fundamental."

O Estadao de S.Paulo

16 de junho de 2008 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.