Obama dá boas vindas ao vice de Romney nas eleições

O presidente dos Estados Unidos Barack Obama deu boas-vindas neste domingo a Paul Ryan nas eleições presidenciais, mas advertiu que se opõe fundamentalmente à visão do vice escolhido pelo partido republicano que, segundo Obama, é um porta-voz bem articulado do pensamento republicano.

AE, Agência Estado

12 de agosto de 2012 | 19h45

A reação de Obama à escolha presumida feita pelos republicanos de nomear Ryan para concorrer com Mitt Romney foi comedida, ainda que os aliados do presidente tenham criticado ferozmente o legislador ao taxá-lo de favorecedor dos ricos. "Esse tipo de economia de cima para baixo é central para o governador Romney assim como é para seu aliado", disse Obama em evento para jovens apoiadores em Chicago, sua base eleitoral.

"Ainda ontem, meu oponente escolheu seu vice, o líder ideológico dos republicanos no congresso, Paul Ryan. Eu quero parabenizar Ryan. Eu o conheço e quero lhe dar boas-vindas à disputa eleitoral", acrescentou o presidente. "Ele é um homem decente. É um homem de família. É um porta-voz bem articulado para a visão do governador Romney, mas é visão com a qual eu fundamentalmente discordo." As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
EUAeleiçõesObama

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.