Obama defende projetos de rodovias para manter vagas

O presidente dos EUA, Barack Obama, usou seu pronunciamento semanal pelo rádio neste sábado para reiterar seu pedido para que o Congresso aprove a manutenção do financiamento a projetos de rodovias, afirmando que se isso não for feito imediatamente quatro mil trabalhadores ficarão temporariamente sem emprego.

REGINA CARDEAL, Agência Estado

03 Setembro 2011 | 08h34

"Permitir que este projeto expire será um desastre para nossa infraestrutura e nossa economia", disse o presidente. Ele acrescentou que se o financiamento, que deve terminar este mês, for adiado haverá um dano econômico de US$ 1 bilhão em dez dias.

"E se esperarmos mais, quase 1 milhão de trabalhadores poderão perder seus empregos no próximo ano", disse Obama. Ele não comentou os dados sobre o mercado de trabalho norte-americano, divulgados ontem, que mostraram que a economia não adicionou nenhuma vaga no mês passado.

Na próxima semana, Obama deve apresentar um novo plano para estimular a criação de empregos numa sessão conjunta do Congresso. As informações são da Dow Jones.

Mais conteúdo sobre:
Obama infraestrutura empregos

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.