Obama discute economia e Afeganistão no Canadá

Primeira viagem ao exterior do presidente americano deve durar apenas sete horas

Agência Estado e Associated Press,

19 de fevereiro de 2009 | 14h46

Fora das fronteiras norte-americanas pela primeira vez desde que assumiu a presidência dos Estados Unidos, Barack Obama iniciou nesta quinta-feira, 19, uma rápida e bastante acompanhada visita aos líderes do Canadá. Obama chegou a Ottawa e iniciou um dia de encontros focados na economia, em temores relativos ao comércio e nas dificuldades no Afeganistão. Os dois países são parceiros econômicos próximos.   Obama é recebido pelo premiê Stephen Harper no Canadá. Foto: Reuters Obama foi cumprimentado ainda no aeroporto pela governadora-geral Michaelle Jean, que representa a britânica rainha Elizabeth II como chefe de Estado, um papel em grande parte cerimonial. Foi primeiro encontro entre Obama e o primeiro-ministro canadense, Stephen Harper. O Canadá e os EUA têm a relação comercial mais longa entre dois países no mundo. Além disso, com a intenção do governo norte-americano de depender menos de petróleo de outros países, os EUA devem depender mais do Canadá também nesse setor. Por enquanto, o foco da administração Obama é salvar seu país da crise. O democrata ficará apenas sete horas no país vizinho. Afeganistão Tanto Canadá quanto EUA pedem que mais países membros da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) aumentem sua contribuição para estabilizar o Afeganistão. Porém, o governo canadense já anunciou que pretende retirar seus 2.500 soldados do sul afegão até 2011.   Antes de ser eleito, o então candidato Obama chegou a dizer que pretendia rever o Acordo de Livre Comércio da América do Norte (Nafta), entre EUA, Canadá e México. Agora, no entanto, não parece provável que o presidente norte-americano queira discutir o tema neste momento.  

Tudo o que sabemos sobre:
EUAObamaCanadáeconomiaAfeganistão

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.