Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

Obama diz que EUA vão agir com países do Golfo para enfrentar ameaças

O presidente afirmou que quer melhorar a cooperação de segurança para lidar com as preocupações sobre as ações desestabilizadoras do Irã na região

O Estado de S.Paulo

15 de maio de 2015 | 18h49

DUBAI - O presidente Americano, Barack Obama, disse nesta sexta-feira, 15, que os Estados Unidos vão ajudar os Estados árabes do Golfo Pérsico a enfrentar qualquer ameaça militar convencional, como a invasão do Iraque ao Kuweit em 1990, e melhorar a cooperação de segurança para lidar com as preocupações sobre as ações desestabilizadoras do Irã na região.

Falando em entrevista à televisão saudita Al-Arabiya após uma cúpula com líderes árabes do Golfo que descreveu como "muito franca e honesta", Obama também disse que a guerra na Síria "provavelmente não" acabará antes de ele deixar o cargo. A reunião com os líderes foi realizada esta semana em Camp David, nos EUA. / REUTERS 

Tudo o que sabemos sobre:
EUAGolfo PérsicoBarack Obam

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.