Obama diz que segue buscando a paz no Oriente Médio

O presidente dos EUA, Barack Obama, afirmou hoje que está comprometido em avançar com o processo de paz no Oriente Médio com "um senso de urgência" e acrescentou que espera ver "gestos de boa fé" de todos os lados nos próximos meses.

AE-DOW JONES, Agencia Estado

21 de abril de 2009 | 15h37

Falando a repórteres no Salão Oval, após encontro com o rei Abdullah, da Jordânia, Obama disse que a Casa Branca continuará buscando "a possibilidade de melhorar relações" com o Irã, apesar da retórica "prejudicial" do presidente iraniano, Mahmoud Ahmadinejad, na conferência internacional contra o racismo.

Obama também defendeu sua decisão de liberar notas do governo sobre técnicas controversas de tortura e disse que a decisão de processar as pessoas que elaboraram a política caberá ao procurador geral Eric Holder.

Tudo o que sabemos sobre:
ObamaOriente Médiopaz

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.