Obama e Abbott reiteram pedido para investigação internacional sobre MH17

O presidente dos EUA, Barack Obama, e o primeiro-ministro da Austrália, Tony Abbott, reiteraram os seus pedidos para uma investigação internacional "livre e transparente" sobre a queda do voo MH17 da Malaysia Airlines na Ucrânia.

AE, Agência Estado

21 de julho de 2014 | 03h32

A Casa Branca informou que os dois líderes conversaram na noite deste domingo. Eles concordaram que a Rússia tem a responsabilidade de usar a sua influência com os insurgentes do leste da Ucrânia, para permitir que monitores e investigadores internacionais acessem o local em que o avião caiu.

Pelos menos 37 cidadãos e residentes australianos estavam a bordo do avião que foi abatido na quinta-feira passada,  na região de Donetsk. Fonte: Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
EUAAustráliaAviãoQueda

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.