Obama e Cameron discutem sobre crises geopolíticas

A Casa Branca informou que o presidente dos EUA, Barack Obama, e o primeiro-ministro britânico, David Cameron, discutiram sobre as crises de segurança da Ucrânia, Afeganistão e no Iraque e o status das negociações sobre o acordo nuclear com o Irã em uma conversa telefônica neste domingo.

AE, Agência Estado

13 de julho de 2014 | 23h13

Sobre a Ucrânia, a Casa Branca informou que os líderes concordaram que a Rússia não fez progressos para diminuir as tensões entre rebeldes separatistas e o governo de Kiev. Eles disseram também que o Ocidente poderá ampliar as sanções contra Moscou se não identificarem que o Kremlin "não tomou medidas para diminuir a escalada da violência" no leste ucraniano.

A Casa Branca relatou ainda que Obama e Cameron saudaram o progresso para resolução do impasse no Afeganistão e concordaram em trabalhar para que todas as partes envolvidas na política do Iraque façam parte do novo governo.

A respeito do Irã, a Casa Branca informou que os líderes pediram que a República Islâmica tome as medidas necessárias para assegurar à comunidade internacional de que seu programa nuclear será "exclusivamente pacífico". Fonte: Associated Press.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.