Obama e Edwards têm melhor plano para Iraque, diz pesquisa

Os democratas Barack Obama e John Edwards são os pré-candidatos a presidente dos EUA com as melhores possibilidades de tirar o país do Iraque, segundo uma pesquisa sem rigor científico feita entre os membros do grupo MoveOn.org e divulgada nesta quinta-feira, 12. Obama recebeu quase 28% dos 42.882 votos do MoveOn, que reúne 3,2 milhões de membros. Edwards, candidato a vice-presidente em 2004, ficou com quase 25 por cento. A senadora Hillary Clinton, que lidera as pesquisas eleitorais, mas foi criticada por não se arrepender de ter aprovado a invasão do Iraque, em 2002, ficou em quinto, com quase 11 por cento. Hillary ficou atrás do deputado pacifista Dennis Kucinich (17 por cento) e do governador do Novo México, Bill Richardson (12 por cento). O MoveOn perguntou qual candidato seria mais capaz de tirar os Estados Unidos do Iraque. A pesquisa foi feita após um fórum, na noite de terça-feira, em que sete pré-candidatos democratas responderam perguntas sobre a guerra. As respostas foram divulgadas online e pela rádio Air America, politicamente liberal. Entre os membros do MoveOn que participaram das quase mil reuniões domésticas em todo o país para ouvir o debate, Edwards venceu, com quase 25 por cento dos votos, à frente dos 21 de Richardson. Nesse público, Obama ficou em terceiro, à frente de Kucinich, Joseph Biden e Hillary. O senador Christopher Dodd ficou em último em ambas as categorias. Eli Pariser, diretor-executivo do MoveOn, disse que o debate e a pesquisa foram formas de envolver as pessoas na campanha e familiarizar o grupo com as posições dos candidatos sobre o Iraque. O MoveOn pretende realizar neste ano dois outros fóruns do gênero, um sobre energia e políticas ambientais e outro sobre saúde pública.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.