Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Obama e McCain priorizam estados perdidos em 2004

A dois dias das eleições presidenciais norte-americanas, os candidatos John McCain e Barack Obama priorizaram neste domingo Estados em que seus partidos perderam há quatro anos. McCain fez comícios na Pensilvânia e em New Hamphire, que votaram por John Kerry em 2004. A única exceção dessa estratégia foi a Flórida, que votou por George W. Bush nas duas últimas eleições presidenciais. Enquanto isso, o democrata Barack Obama concentrou sua campanha apenas em Ohio, Estado que em 2004 garantiu a reeleição de Bush.Por meio de telefonemas, cartas e campanha de porta em porta, os dois partidos intensificaram apelos para que os eleitores compareçam às urnas na terça-feira. Na Pensilvânia, McCain vem ganhando mais espaço entre a classe média branca que apoiou a candidatura da ex-primeira-dama Hillary Clinton nas prévias do Partido Democrata. A campanha republicana divulgou mensagens por telefone com gravações de Hillary dizendo que McCain seria o único candidato preparado para enfrentar as ameaças externas dos EUA."O Estado mais importante agora é a Pensilvânia e estamos indo muito bem nele", afirmou o assessor da campanha republicana Rick Davis à rede de TV Fox News. O assessor da campanha democrata David Plouffe prontamente respondeu que "não está vendo o aperto na disputa pela Pensilvânia mencionado por Rick". Segundo média de pesquisas feita pelo site Real Clear Politics, Obama está na frente com 51,2% dos votos, enquanto McCain tem 44,2% no Estado. As informações são da Associated Press.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.