Obama e McCain se unem a favor da ajuda de US$ 700 bi

O candidato democrata Barack Obama e o republicano John McCain estão unidos a favor da aprovação do plano de US$ 700 bilhões para resgatar o sistema financeiro americano. O socorro à Wall Street de repente emergiu como o principal assunto na campanha presidencial de cada um dos candidatos, que tentam convencer os eleitores de que estão melhor preparado para tirar o país da crise do que o adversário político.Tanto Obama quanto McCain informaram que vão apoiar com relutância o pacote, pois um fracasso nas negociações no atual momento de crise iria custar aos americanos seus empregos, casas e aposentadorias."Isso é algo que todos nós iremos engolir com dificuldade e seguir em frente. A opção de não fazer nada simplesmente não é aceitável", disse McCain. Obama disse que estava inclinado a apoiar o pacote por reconhecer não haver outra saída no momento. As informações são da Associated Press.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.