Obama e Putin discutem questão síria por telefone

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, e seu colega russo, Vladimir Putin, conversaram por telefone nesta quarta-feira e concordaram em trabalhar juntos para encontrar uma solução para a crise na Síria, informou a Casa Branca.

AE, Agência Estado

18 de julho de 2012 | 20h33

"Eles observaram as diferenças que nossos governos têm sobre a Síria, mas concordaram em fazer com que seus representantes continuem a trabalhar na direção de uma solução", disse a Casa Branca em comunicado, referindo-se a uma "transição política" pacífica.

Já o Kremlin divulgou uma nota dizendo que Putin e Obama não conseguiram resolver suas diferenças a respeito da Síria durante uma conversas telefônica. "Permanecem as diferenças de abordagem em relação a medidas práticas para chegarmos a um acordo", disse o porta-voz do Kremlin, Dmitry Peskov, segundo agências de notícias russas. As informações são da Associated Press e da Dow Jones.

Mais conteúdo sobre:
SíriaEUARússia

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.