Obama e Putin se encontram em comemoração do Dia D

O presidente Barack Obama e seu colega russo Vladimir Putin conversaram nesta sexta-feira às margens do almoço de líderes mundiais em celebração do Dia D, o que representou o primeiro diálogo frente a frente dos dois desde o início da crise na Ucrânia.

Agência Estado

06 de junho de 2014 | 11h57

A conversa informal que durou entre 10 e 15 minutos aconteceu dentro do chateau onde os líderes almoçaram, informou a Casa Branca. O porta-voz de Putin, Dmitry Peskov, disse que Obama e Putin trocaram opiniões sobre a situação na Ucrânia e a crise no leste do país, onde forças ucranianas têm combatido insurgentes pró-Rússia.

"Putin e Obama conversaram sobre a necessidade de encerrar a violência e dos confrontos o mais rápido possível", disse Peskov.

Quando os líderes posaram para uma fotografia do grupo do lado de fora do prédio, antes do almoço, Obama e Putin pareciam estar se evitando deliberadamente. Mas assim que entraram no local, encontraram tempo para conversar pela primeira vez desde que Putin anexou a península da Crimeia.

Com o avançar da crise, Obama e Putin conversaram várias vezes por telefone, mas não haviam se encontrado pessoalmente até as celebrações do Dia D, nesta sexta-feira. Fonte: Associated Press.

Mais conteúdo sobre:
FrançaDia DPutinObama

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.