Obama e Romney levam campanha a Estados decisivos

O presidente dos EUA, Barack Obama, e seu rival republicano Mitt Romney lançaram neste sábado campanha em um grupo de Estados norte-americanos decisivos para o resultado de uma corrida presidencial apertada, em seu último fim de semana. Ohio é o campo de batalha principal. Nenhum republicano foi eleito até hoje sem o voto deste Estado.

AE, Agência Estado

03 de novembro de 2012 | 14h44

Também é preciso ganhar mais votos de Flórida, Virgínia, Carolina do Norte, Colorado, Nevada, Wisconsin, Iowa e New Hampshire.

Após a realização de comícios, na sua maioria de pequeno e médio porte, durante grande parte da campanha, a equipe de Obama está planejando uma série de eventos maiores neste fim de semana. Ainda assim, a campanha não está esperando as audiências maciças que Obama teve nos dias finais da corrida eleitoral de 2008, quando seus comícios atraíram mais de 50 mil pessoas. O fim de semana de Obama também inclui dois eventos conjuntos com o ex-presidente Bill Clinton: um comício na noite de hoje na Virgínia e um evento amanhã em Hampshire.

Hoje, a primeira parada de Obama foi em Mentor, Ohio, seguida por uma campanha em Milwaukee e Dubuque (Iowa). O presidente também fará campanha amanhã em New Hampshire, Flórida, Colorado e novamente Ohio.

Romney realizou um grande comício na sexta-feira à noite em West Chester, Ohio, atraindo mais de 10 mil pessoas ao evento que contou com estrelas do rock, celebridades do esporte e dezenas de autoridades republicanas. Depois, chegou em New Hampshire perto de meia-noite, completando 18 horas de campanha eleitoral num dia que teve ainda paradas em Virginia e Wisconsin.

Após comício no litoral de New Hampshire, ele deve fazer uma aparição à tarde em Iowa e em outros dois eventos no Colorado. Ele mudou o plano original de fazer campanha em Nevada por uma agenda provável para trazê-lo de volta a Iowa, Ohio, Pensilvânia e Virgínia. Os assessores de Romney destacaram que a agenda do candidato é fluida e pode mudar com pouco aviso. As informações são da Associated Press.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.