Obama e Romney pedem votos às vésperas da eleição

Pesquisas publicadas neste domingo mostraram os dois praticamente empatados há dois dias das eleições

Agência Estado,

04 de novembro de 2012 | 19h42

WASHINGTON - O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, e seu adversário republicano Mitt Romney realizaram neste domingo uma maratona de viagens e comícios por pelo menos quatro Estados considerados chave para as eleições da terça-feira, 6. Obama visitou New Hampshire, onde discursou na cidade de Concord, com o apoio do ex-presidente dos EUA, Bill Clinton. Romney visitou Iowa, após passar no sábado pelo Colorado. Obama mais tarde está na Flórida. Duas pesquisas publicadas neste domingo mostraram os dois praticamente empatados há apenas dois dias das eleições.

"Eu sei que pareço um pouco mais velho, mas ainda tenho bastante vontade de lutar. Nós chegamos muito longe para voltar. Por isso, é a hora de seguir adiante", disse Obama em New Hampshire, em um discurso para 14 mil pessoas em Concord. Nós últimos dias, o presidente pede aos eleitores que votem nele para que ele possa terminar o trabalho - Obama afirma que assumiu o poder em 2009, com os EUA envolvidos em duas guerras e com uma ameaça de depressão econômica, mas resistiram e voltarão a ser um país "mais poderoso".

Já Romney tem pedido votos aos eleitores afirmando que falta liderança para o país e que ele é essa liderança. "Nós somos americanos. Podemos fazer tudo. A única coisa que está entre nós e anos melhores que podem vir é a falta de uma liderança - e é por isso que teremos eleições", afirmou Romney em Des Moines, Iowa.

As informações são da Associated Press e da Dow Jones.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.