Derek Gee/AP
Derek Gee/AP

Obama é surpreendido com cantada de americana em restaurante

'O senhor é um gato e tem um corpaço', disse mulher, que ainda provocou primeira-dama

Agência Estado

14 Maio 2010 | 14h44

SÃO PAULO - O presidente dos EUA, Barack Obama, foi surpreendido com uma cantada na quinta-feira, 13. A americana Luann Haley, mulher de meia-idade e eleitora do Partido Republicano (oposição), se dirigiu ao presidente com um tom pouco comum. "O senhor é um gato e tem um corpaço", disse, em um restaurante na cidade de Buffalo.

 

Obama foi simpático e abraçou a fã. Como a cena estava sendo registrada pela câmeras da imprensa, Luann ainda disse: "Oi, Michelle, morra de inveja!", referindo-se à primeira-dama, Michelle Obama.

 

O presidente estava em Buffalo para realizar um discurso e acabou fazendo uma visita não programada ao restaurante. Segundo o New York Post, os conhecidos de Luann não se surpreenderam com seu comportamento despachado. "Ela é uma lunática", definiu a ex-sogra, Jane Haley. "Ela gosta de se divertir. Provavelmente não quis causar nenhum problema, é só uma piada."

 

O jornal Washington Post afirma, em seu site, que a notícia tem repercutido nos EUA. "As pessoas me dizem que eu deveria pensar antes de abrir minha boca", contou Luann à emissora WGZR-TV, em Buffalo. Ela disse que "apenas estava tentando ser engraçada, e quase me arrependo disso agora." Durante o encontro com Obama, porém, ela disse que gostou do abraço. "Ele me deu um apertão", brincou.

Mais conteúdo sobre:
EUABarack ObamacantadaObama

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.