Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

Obama enviará 13 mil soldados ao Afeganistão, diz jornal

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, enviará ao Afeganistão mais 13 mil soldados, além dos 21 mil já anunciados em março, informou ontem à noite em seu site o jornal "The Washington Post". As tropas adicionais são, sobretudo, para apoiar as outras - por exemplo engenheiros, funcionários de saúde, especialistas em inteligência e policiais militares -, segundo o diário.

AE, Agencia Estado

13 de outubro de 2009 | 11h33

Com a medida, subiria para 34 mil o número de militares enviados por Obama para o Afeganistão, invadido pelos EUA em 2001. "Obama autorizou tudo. A única coisa que você viu não ser anunciada no release para a imprensa foi os 21 mil" soldados adicionais, afirmou ao jornal um funcionário da Defesa, familiar com o processo de aprovação de tropas.

Obama avalia um pedido do comandante das tropas dos EUA e da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) no Afeganistão, general Stanley McChrystal, para enviar mais 40 mil soldados ao país. O diário notou, porém, que devem estar no fim do ano em território afegão no máximo 68 mil soldados, aproximadamente o mesmo número atual (outros soldados devem retornar). No começo deste mês, havia 65 mil forças norte-americanas no Afeganistão e aproximadamente 124 mil no Iraque, segundo o jornal. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
EUAtropasAfeganistãosoldados

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.