Evan Vucci/AP
Evan Vucci/AP

Obama está 'confiante' na derrota do Estado Islâmico

Obama disse que os norte-americanos estão do lado certo da história

THIAGO MORENO, COM INFORMAÇÕES DA ASSOCIATED PRESS, Estadão Conteúdo

12 de setembro de 2014 | 20h45

O presidente dos EUA, Barack Obama, afirmou nesta sexta-feira estar confiante de que as operações definidas por ele vão reverter o avanços do Estado Islâmico e eventualmente derrotar o grupo militante. Obama disse que os norte-americanos estão do lado certo da história.

Em evento para angariar fundos para senadores democratas na casa do proeminente professor universitário Howard Friedman, em Baltimore, o presidente garantiu que há uma fresta de esperança na terrível situação do Iraque e da Síria. Ele disse que o barbarismo do Estado Islâmico está evidenciando que o mundo muçulmano precisa se distanciar de um gênero de extremismo islâmico que, segundo Obama, não tem lugar no século 21.

Em Nova York, Hillary Clinton pediu que a Organização das Nações Unidas (ONU) desenvolva uma estratégia mais robusta para combater o uso crescente dos sequestros de mulheres e garotas como tática de guerra no Oriente Médio. A ex-secretária de Estado e potencial candidata à Presidência em 2016 afirmou que as táticas usadas por grupos como o Boko Haram e o Estado Islâmico a preocupam muito.

Clinton disse que as Nações Unidas deveriam pensar em uma estratégia unificada e imediatamente enviar recursos para evitar os sequestros e tentar rastrear os responsáveis.

Mais conteúdo sobre:
EUAESTADO ISLÂMICOOBAMA

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.