Obama estreia no Twitter cutucando republicanos

Redes sociais têm sido uma prioridade para a Casa Branca no seu contato com a opinião pública

Reuters

07 de julho de 2011 | 08h40

"Uma última coisa -- conheço o Twitter, sei que preciso ser breve", escreveu o presidente

 

 

WASHINGTON - O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, estreou na quarta-feira, 6, no Twitter promovendo suas propostas econômicas, cutucando os republicanos e defendendo um acordo pela redução do déficit público.

 

Em uma conversa de quase uma hora com outros usuários da rede social, o presidente respondeu a perguntas e disse estar fazendo história ao usar um laptop no Salão Leste da Casa Branca para enviar sua primeira tuitada em tempo real.

 

Obama sentou-se numa banqueta alta, perto de uma tela que mostrava as perguntas enviadas por usuários, diante de uma plateia de 140 convidados -- número escolhido a dedo por ser o limite de caracteres permitido nas mensagens do Twitter. Ele respondeu às perguntas em voz alta.

 

As redes sociais, inclusive o Twitter, têm sido uma prioridade para a Casa Branca no seu contato com a opinião pública, eventualmente à frente dos veículos de comunicação tradicionais. A conta @whitehouse, da Casa Branca, tem cerca de 2,25 milhões de seguidores.

 

Obama, que não é conhecido pela brevidade, abrangeu diversos temas -- da crise no mercado imobiliário à Nasa e ao debate sobre o limite de endividamento público. Não se ateve às respostas curtas, e não mandou pessoalmente outros tuites.

 

"Uma última coisa -- conheço o Twitter, sei que preciso ser breve", disse ele ao responder sobre educação, e provocando alguns risos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.