Isaac Brekken/Arquivo/AP
Isaac Brekken/Arquivo/AP

Obama faz campanha por propostas sobre controle de armas

Presidente estará em Minnesota, que estuda formas de reduzir ataques e acidentes há anos

AE, Agência Estado

04 de fevereiro de 2013 | 11h57

WASHINGTON - O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, vai falar sobre suas propostas para reduzir a violência gerada por armas nesta segunda-feira, 4, em Minnesota, um Estado com tendência democrata onde autoridades têm estudado formas para reduzir ataques e acidentes com armas há anos. Sua visita ao Departamento de Polícia de Minneapolis marca a primeira vez em que Obama faz campanha sobre suas propostas fora de Washington.

O presidente revelou seu pacote de propostas para reduzir a violência causada por armas no mês passado, em resposta ao tiroteio em uma escola de Newtown, no Estado de Connecticut. Ele prometeu usar todo o poder concedido por seu cargo para lutar pelas propostas, muitas das quais enfrentam oposição de parlamentares e do maior grupo lobista a favor de armas do país, a Associação Nacional de Rifles.

A expectativa é de que Obama faça mais viagens ao redor do país para angariar apoio às suas medidas. Autoridades da Casa Branca afirmam que agir rapidamente aumenta as chances de aprovar a legislação no Congresso norte-americano. Eles temem que, com o passar do tempo, os parlamentares tenham menos incentivo para apoiar as propostas na medida em que o choque com o massacre em Newtown se dissipa.

Além de medidas para aumentar o controle de armas, as propostas de Obama incluem aumentar recursos para tratamentos de saúde mental e para a segurança nas escolas.

As informações são da Associated Press

Tudo o que sabemos sobre:
EUABarack Obamacontrole de armas

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.