Larry Downing/Reuters
Larry Downing/Reuters

Obama faz piadas sobre Romney em jantar com mídia estrangeira

Falso anúncio da campanha do candidato republicano foi exibido em tom descontraído

Reuters

29 de abril de 2012 | 16h03

WASHINGTON - O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, fez piadas sobre seu provável rival na disputa pela presidência, Mitt Romey, e outros oponentes do Partido Republicano no Congresso durante o jantar anual da Casa Branca para os correspondentes estrangeiros, no sábado, 28, e comentou até mesmo o tratamento dado por Romney ao cão de estimação da família.

O jantar de gala para os jornalistas é o maior evento social do ano para a mídia em Washington e dá aos presidentes a oportunidade de mostrar um lado mais descontraído.

Em campanha pela reeleição em novembro, Obama deverá ter como rival nas urnas o multimilionário Romney, ex-governador do Estado de Massachusetts.

Obama disse prever uma campanha dura, mas afirmou que o rival havia ido longe demais num vídeo. Então, foi exibido um falso anúncio da campanha de Romney no qual ele se defendia contra críticas por prender o cão da família, Seamus, em um engradado no capô do carro durante uma viagem em 1983.

O clipe fajuto mostrou imagens do cão da família de Obama, Bo, aparentemente em péssimo estado ao ser mantido cativo pelo "socialismo para cães no estilo europeu". Uma voz gutural dizia, ao fundo: "Cães americanos não podem aguentar mais quatro anos de Obama. Para eles, isso seria o mesmo que 28 anos."

 
Tudo o que sabemos sobre:
ObamaRomneyEleições nos EUA

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.