Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

Obama homenageia soldados mortos no Afeganistão

Durante uma visita noturna à base de Dover, no Estado de Delaware, o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, prestou homenagem aos 18 combatentes mortos esta semana no Afeganistão. Ele também conversou em particular com todos os familiares em uma capela. A base é o ponto de desembarque dos corpos de militares que atuavam fora do país.

AE-AP, Agencia Estado

29 de outubro de 2009 | 15h23

A imagem de um presidente na pista da base aérea não era vista havia anos. O ex-presidente George W. Bush passou bastante tempo com familiares de militares mortos, mas nunca foi a Dover ver os corpos saindo de um avião de carga. Os familiares do sargento do Exército Dale Griffin permitiram que a imprensa cobrisse a chegada de seus restos mortais. Uma proibição de 18 anos desse tipo de cobertura foi levantada neste ano.

Durante o mês de outubro, 55 soldados norte-americanos morreram no Afeganistão, o pior número desde o início dos confrontos, em 2001. Nas próximas semanas, Obama vai decidir se envia mais soldados para lá. Herdeiro de duas guerras, o presidente tem diminuído o envolvimento dos Estados Unidos no Iraque, mas o confronto no Afeganistão está se complicando. A estabilidade do país continua uma incógnita enquanto o apoio dos norte-americanos à guerra diminui.

Tudo o que sabemos sobre:
EUAAfeganistãoguerraObamahomenagem

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.