Obama inicia 'caravana eleitoral' e ataca republicanos

Presidente viajará pelo Meio-Oeste dos Estados Unidos para conseguir apoio de eleitores

Agência Estado

15 de agosto de 2011 | 18h07

Obama discursa em Decorah, no Estado de Iowa

 

CANNON FALLS - O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, lançou um raro ataque direto nesta segunda-feira, 15, contra o campo presidencial republicano, usando sua primeira parada em uma viagem eleitoral de ônibus ao meio-oeste americano para criticar os pré-candidatos da oposição, os quais rejeitaram a criação de novos impostos para controlar o enorme déficit dos EUA.

 

Obama atacou os republicanos aparentemente em resposta a um debate que aconteceu na semana passada em Iowa, no qual todos os pré-candidatos republicanos rejeitaram a possibilidade de subir impostos, no momento em que a dívida nacional americana superou US$ 14,3 trilhões. Os republicanos afirmam que reduzirão os gastos apenas com os cortes nas despesas do governo.

 

"Pensem sobre isso. Eu quero dizer, o discurso deles não tem sentido comum. É preciso adotar uma abordagem equilibrada", disse Obama em uma reunião em Cannon Falls, Minnesota, no começo de uma viagem rodoviária de três dias por Minnesota, Iowa e Illinois. Obama, em resposta a uma pergunta, rechaçou a postura política do Tea Party, grupo ultraconservador republicano que rejeita qualquer papel de destaque do governo na economia.

 

Obama visita Estados onde venceu as eleições em 2008 e onde agora precisa conter contra-ataques dos republicanos. Oficialmente, a viagem é um evento da Casa Branca, mas na prática já pareceu um evento eleitoral. As informações são da Associated Press.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.