Obama intensifica campanha em Ohio e Virgínia

O presidente Barack Obama dá andamento a sua campanha neste sábado com comícios em Ohio e na Virgínia. Os dois eventos marcados para hoje, nas universidades de Estadual de Ohio e Virginia Commonwealth, são considerados o início de sua luta pela reeleição, embora ele já esteja em campanha há mais de um ano e já tenha preenchido toda a documentação para concorrer novamente.

AE, Agência Estado

05 Maio 2012 | 15h38

Durante os eventos, o presidente pretende tentar convencer os eleitores de que suas políticas colocaram a economia em terreno mais sólido, apesar dos novos dados que mostram que o mercado de trabalho continua fraco. Ele também deve tentar descrever Romney como um candidato que apresenta políticas fracassadas, tanto para a economia quanto para a segurança nacional.

Obama tem participado de dezenas de eventos de arrecadação em todo o país, pois quer obter uma sólida vantagem financeira em relação a Romney. Em suas viagens oficiais pela Casa Branca, geralmente a Estados mais disputados, o presidente apresenta posições políticas que se encaixam na questão da justiça econômica, tema central da campanha. Os temas vão dos impostos para os ricos até o congelamento das taxas de juros para empréstimos estudantis.

Os comícios podem evitar que Obama ataque Romney diretamente. Até agora, o presidente tem sido moderado ao citar o nome de seu oponente e optado por fazer críticas aos republicanos de forma genérica. Mas alguns democratas veem os eventos de campanha deste sábado como uma chance para Obama mostrar aos republicanos que planeja ser agressivo durante a corrida presidencial.

Porém, os discursos de Obama neste sábado não devem diferir muito do que ele tem falado em eventos de arrecadação de fundos ou o que seus assessores têm declarado durante a campanha.

David Axelrod, importante conselheiro de Obama, disse que o presidente não é um candidato que "se reinventa a cada semana", referindo-se às mudanças de posição de Romney. Axelrod e outros conselheiros do presidente tentam reforçar temas mais abrangentes como a defesa da classe média e a imagem de que Romney é o candidato dos mais ricos. As informações são da Associated Press.

Mais conteúdo sobre:
ObamacampanhaOhioVirgínia

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.