Obama irá se pronunciar sobre renúncia de Mubarak

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, foi informado da decisão de Hosni Mubarak de renunciar à presidência do Egito, e vai fazer um pronunciamento sobre o assunto por volta das 16h30 (horário de Brasília), informou hoje a Casa Branca.

REGINA CARDEAL, Agência Estado

11 de fevereiro de 2011 | 14h54

Obama acompanhou a cobertura ao vivo dos protestos no Egito pela televisão, perto do Salão Oval. Os manifestantes no Cairo reagiram com entusiasmo ao anúncio da saída de Mubarak feito pelo vice-presidente egípcio, Omar Suleiman, no começo desta tarde. Ontem, a multidão reagiu revoltada ao discurso de Mubarak, no qual ele frustrou as expectativas ao dizer que permaneceria no cargo até setembro.

Em declaração na noite de ontem, Obama criticou Mubarak por não ter aproveitado a oportunidade de mudança para a democracia. Obama, no entanto, não pediu que Mubarak renunciasse imediatamente. "Foi dito ao povo egípcio que havia uma transição de autoridade, mas ainda não está claro se esta transição é imediata, significativa ou suficiente", disse Obama. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
EgitoprotestosMubarakEUAObama

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.