Obama lamenta libertação de líbio

O presidente americano, Barack Obama, telefonou ontem ao premiê britânico, Gordon Brown, e manifestou sua "decepção" pela repatriação à Líbia de Abdelbaset al-Megrahi, condenado à prisão perpétua na Escócia pelo atentado de Lockerbie, em 1988, que deixou 270 mortos.Brown disse que a decisão de libertar Megrahi por questões humanitárias correspondia inteiramente ao governo autônomo escocês.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.