Obama libera US$ 147 milhões em ajuda aos palestinos

Jerusalém, 28 - O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, cancelou o congelamento de fundos de US$ 147 milhões do Congresso do país, que havia paralisado programas de ajuda aos palestinos, inclusive a realização do programa de televisão "Vila Sésamo".

Agência Estado

28 de abril de 2012 | 15h33

Uma autoridade da Agência Norte-americana para o Desenvolvimento Internacional disse hoje que o dinheiro, que é direcionado a infraestrutura, educação e projetos de saúde, foi restabelecido. Mas não especificou se o Vila Sésamo voltaria a ser gravado.

Em outubro, integrantes do Congresso congelaram US$ 192 milhões destinados aos palestinos em retaliação ao seu pedido de entrada na Organização das Nações Unidas (ONU). Desde então, o Congresso liberou cerca de US$ 45 milhões.

Na quarta-feira, Obama anunciou que passaria por cima do Congresso e liberaria o dinheiro restante. As informações são da Dow Jones. (Paula Moura)

Tudo o que sabemos sobre:
ONUEUABarack ObamaPalestina

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.