Obama lutará pela paz no Oriente Médio, diz porta-voz

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, vai "permanecer engajado" no processo de paz do Oriente Médio, apesar da fracassada tentativa norte-americana para o estabelecimento de um novo congelamento de construções em assentamentos na Cisjordânia e em Jerusalém Oriental.

AE, Agência Estado

10 de dezembro de 2010 | 15h45

"Apesar dos retrocessos de curto prazo", Obama vai continuar "engajado", afirmou o porta-voz da Casa Branca, Robert Gibbs, em meio a novas negociações diplomáticas. Representantes norte-americanos se reúnem hoje com enviados palestinos e israelenses. "O presidente entende que este processo pode não ser fácil e que vai exigir o contínuo e constante engajamento de nosso país", disse Gibbs. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
EUAOriente MédiopazObama

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.