Obama manifesta apoio em encontro com dalai-lama

O presidente dos EUA, Barack Obama, expressou "forte apoio" aos direitos humanos e à "especial" identidade linguística, cultural e religiosa do Tibete durante encontro nesta tarde com o dalai-lama, líder espiritual dos tibetanos.

AE, Agencia Estado

18 de fevereiro de 2010 | 16h52

"O presidente demonstrou seu forte apoio à preservação da especial identidade linguística, cultural e religiosa do Tibete e à proteção dos direitos humanos para os tibetanos na República Popular da China", disse o porta-voz da Casa Branca, Robert Gibbs.

"O presidente elogiou o ''Caminho do Meio'' proposto pelo dalai-lama, seu compromisso com a não-violência e sua busca de diálogo com o governo chinês", destacou Gibbs em nota.

Segundo o porta-voz, Obama ressaltou que sempre incentivou os dois lados a adotarem um diálogo direto a fim de resolver suas diferenças e que ficou satisfeito ao ouvir sobre a recente retomada das conversações.

"O presidente e o dalai-lama concordaram com a importância do relacionamento positivo e cooperativo entre os EUA e a China", afirmou Gibbs.

As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
Barack Obamadalai-lamaencontroTibete

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.