Obama não deve ter concorrente democrata forte à eleição

O principal conselheiro político de Barack Obama disse não esperar que o presidente norte-americano enfrente um importante concorrente democrata na corrida presidencial de 2012. Ele ainda previu que o pacote de corte de impostos será aprovado no final do ano. Neste domingo, na CNN, David Axelrod citou ver "forte suporte para o presidente". Axelrod, que concedeu entrevista para defender o controverso plano de corte de impostos que Obama fechou com os republicanos, disse que grande parte dos democratas "lamenta" que Obama não esteja tendo créditos suficientes por tudo que tem feito. Axelrod afirmou que, apesar das pesadas críticas dos congressistas democratas, está confiante de que o acordo para corte de impostos será aprovado no final do ano. As informações são da Dow Jones.

NALU FERNANDES, Agência Estado

12 de dezembro de 2010 | 14h15

Tudo o que sabemos sobre:
EUAObamaeleições 2012

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.