Obama não vê desculpa para problemas com Obamacare

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, disse hoje que "não há desculpas" para os problemas de informática que marcaram o lançamento do site do seu programa de saúde, mas declarou estar confiante em que a administração será capaz de corrigir as deficiências.

AE, Agência Estado

21 de outubro de 2013 | 15h36

"Não há como suavizar isso", disse Obama durante evento na Casa Branca nesta segunda-feira. "Ninguém está mais frustrado do que eu."

Funcionários da Casa Branca atribuíram os problemas ao volume elevado de interessados. O site apresentou falha nas plataformas de inscrição, que apareceram congeladas aos usuários. Há indícios também de falha no software e em alguns elementos do projeto do site.

O presidente afirmou que seu governo estava fazendo "tudo que está ao alcance" para consertar os problemas e incentivou a população que deseja se inscrever no programa a continuar tentando.

Obama insistiu que sua lei de saúde é muito mais do que apenas uma plataforma na internet. "A essência da lei, o seguro de saúde que está disponível para as pessoas, está funcionando muito bem", defendeu.

A Casa Branca informou que mais de 19 milhões de pessoas já visitaram o site healthcare.gov desde o lançamento, em 1º de outubro. Segundo o governo norte-americano, 500 mil pessoas solicitaram o seguro até agora. Fonte: Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
EUAObamacareObama

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.